Carteira de Trabalho Digital – CTPS

Assim como vem acontecendo com os serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), onde grande parte das funções já foram transferidas para o âmbito online, o Governo pretende nos próximos meses migrar muitos de seus serviços para a internet, facilitando a interação do trabalhador e cidadão brasileiro.

E para iniciar estas mudanças, a partir de agora a Carteira de Trabalho, um dos principais documentos do brasileiro contará com sua versão online, tornando dispensável a sua versão física de agora para frente.

Mas antes de seguirmos com este artigo, o próprio governo recomenda que a carteira de papel seja guardada para comprovar todos os vínculos empregatícios mais antigos, pois muitas empresas acabam falindo e perdendo as informações.

Nova CTPS Digital

O documento digital deverá ser habilitado pelo trabalhador através da internet, o passo a passo estará logo a seguir. Já as empresas que já usam o eSocial, todo o registro de informações deverá ser feito digitalmente.

De forma unificada as empresas comunicam o governo através do eSocial as informações que possam envolver o trabalhador, desde contribuições previdenciárias, até mesmo acidentes de trabalho.

Conheça a ID Digital, a nova carteira de estudante oficial do Brasil

Esta carteira será equivalente à carteira de papel, ainda haverá a versão de papel, mas sua emissão será feita preferencialmente através da internet. A identificação será única e o número utilizado será o do Cadastro de Pessoa Física, o CPF.

Problemas que podem acontecer

Pode ser que os trabalhadores encontrem dados errados na carteira de trabalho digital quando acessarem o documento. Caso sejam identificados estes erros, eles deverão ser corrigidos pelo trabalhador, através de comprovação com a carteira de trabalho de papel.

carteira digital

CTPS de Papel x Digital

Quem quiser ter tanto a carteira de trabalho digital como a de papel pode ter, mas para possuir a digital será necessário habilitá-la. Com base nas informações do governo todas as certeiras digitais já estão previamente emitidas aos trabalhadores, mas será necessário fazer esta habilitação.

Como fazer a habilitação da carteira digital

Para você que deseja acessar os dados de sua carteira de trabalho digital, será necessário acessar:

Depois inicie o cadastro clicando no botão azul “Quero me cadastrar”.

Se você já tiver uma senha para acessar os serviços do governo, a mesma obtida através do Meu INSS, Acesso.gov.br ou Sine Fácil, basta clicar em “Já tenho cadastro”, insira o seu CPF, e clique em continuar para digitar a senha.

Se for o primeiro acesso, preencha corretamente o formulado com o número do CPF, nome completo, telefone e email e assinale a caixa de segurança “Não sou um robô” e aceite todos os termos de uso.

  • Clique em “Continuar”;

Na próxima página será exibida as informações pessoais e também da sua carteira de trabalho digital.

Então será exibido os menus com os dados pessoais, últimas anotações do emprego atual (salário, férias, etc), perfil profissional, vagas de emprego, contatos, seguro desemprego, informações sobre abono e muitas outras.

Ao acessar um dos contratos de trabalho, será possível detalhar todos os dados referentes a ele. Priorize esta questão para ver se há divergência de informações. 

Você poderá além da consulta online, baixar a versão da carteira de trabalho em PDF ou realizar uma impressão física.

O trabalhador poderá validar a carteira digital através do aplicativo do CTPS Digital.

Link para download

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.carteiradigital&hl=pt_BR

Mudanças ao trabalhador

Toda vez que um trabalhador for contratado ele não precisará apresentar a carteira de papel. Basta durante a solicitação dos documentos informar o número do CPF. Através deste número o empregador terá acesso ao registro, fazendo-o de forma totalmente online.

Todas as informações referentes à salário e outras da contratação, estarão no documento digital, acessível ao trabalhador.

Mudanças nas empresas

O Ministério da Economia informou que a partir de agora as empresas que já usam o eSocial não terão mais a necessidade de realizar anotações na carteira de papel, tão pouco preencher a carteira digital.

Todos os dados do eSocial serão migrados automaticamente para a carteira digital.

Ao contratar um novo funcionário, os dados serão lançados no eSocial, através do evento S-2200. Caso não tenha todos os dados, o envio poderá ser feito através do evento S-2190, conhecido como Admissão Preliminar, com solicitações mais simplificadas.

Porém mesmo realizando o S-2190, será necessário incluir os dados faltantes através do S-2200. Este será o novo “Assinar a carteira”.

A carteira de trabalho digital terá o mesmo número da carteira de papel?

A digital terá como número de identificação o CPF, onde o número antigo da carteira física só estará disponível na versão em papel.

A carteira de trabalho digital será cobrada?

O Ministério da Economia informa que a carteira digital será feita de forma totalmente gratuita.

Não consegui habilitar minha CTPS digital o que fazer?

Caso não consiga fazer o cadastro através da internet, é possível ir até o Banco do Brasil, Caixa ou em seu próprio banco e solicitar o cadastro. É possível também ir pessoalmente a uma unidade do Ministério da Economia na sua cidade ou na mais próxima.

Informações do CNIS

Na versão digital não serão exibidas todas as informações referentes aos empregados e empregados domésticos de cunho trabalhista. As informações que constam no CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) podem ser avaliadas através o site Meu INSS.

Todos os dados presentes na carteira de trabalho digital já são provenientes do CNIS, por isso não será necessário ter todas as relações trabalhistas.

Caso queira saber mais informações acesse:

https://www.gov.br/pt-br/servicos/obter-a-carteira-de-trabalho-e-previdencia-social

Deixe um comentário